domingo, 16 de janeiro de 2011

Relembro


O beijo de sua boca é mais saboroso
Porque lembro das suas doces risadas
O beijo da sua boca é mais gostoso
Quando lembro das suas meigas palavras.

Seu corpo é meigo e intenso e nele vivo pleno
Em seu corpo me sinto inteiro como num dia azul e sereno
Em seus passos longínquos me vejo e vejo o que acabei perdendo
Não sabes o quanto faz falta e só por ti estou escrevendo.

Em várias madrugadas me vi febril relembrando
Não sabe como me dói e amadurecer assim é tão duro
Em tantas manhãs de repente acordei e peguei-me chorando
E quantas tardes adormeci em meu quarto com lágrimas no escuro.

Relembro cada momento e me vem seus olhos escuros
Relendo nosso passado imagino se houvesse um futuro
Em nossas aventuras, planos, carinhos, sussurros
E vendo assim desse jeito parecia ser tão imaturo.

E a devagar assim desse jeito vejo o quanto preciso descansar
O mundo é tão duro e nos concretizamos junto com ele
Sei o quanto mereces ser feliz e ainda será
E só de lembrar me vem uma brasa a incrustar profundo na pele.

Não sou como muitos, de sonhos, de filhos, de apaziguar
A minha tormenta é constante e você nem pode notar
Enquanto isso me finjo, divirto e ainda te ajudo a sonhar
Mas quem colhe, quem planta, o joio e o trigo também pode ceifar.




_____

Um comentário:

Alessandra Chaves da Silva disse...

Muito bom... a cada dia melhor..

"Relendo nosso passado imagino se houvesse um futuro"

Eu sempre imagino..