domingo, 9 de agosto de 2009

Insensatez


O sofrimento nunca foi uma constante
Acredito nos pormenores e momentos
O lamento é quando torna-se pungente
E fica-se a remoer tudo por dentro.

E sem a lascívia que acomete de quando em vez
Dessa maneira fica mais fácil a completude
Sem mais torturas na internet estupidez
Não deixo as agruras obliterarem a juventude.

Fico pensando nela e o elo rompido
Como se se quebrasse de todo todo o encanto
Acordo e espanto-me sem saber que havia dormido
E fico sentido sentindo o amargo sabor do meu pranto.

Queria invadir e postar uma rosa ao lado dela
Alinhavada à janela na madrugada que insensatez
O quarto bem sei de detalhes rosa e parede amarela
Poder espiá-la enquanto dorme e sonhar com sua tez.

Não sei ao certo agora se tudo teve sentido
O choro no ônibus no avião as viagens todas
Fico perplexo com tudo contudo permaneço contido
E contigo contido em ti as lembranças são todas tolas.

Se bem que já vivo inserido em outra alma outra carne
De ti só trago resquícios de sexo e sexo e sexo
Bem que diziam aquilo de ti não cri no seu cerne
Agora vejo as verdades já ditas um dia sofri um reflexo.

Sei bem da perfeição de todos meus atos malfeitos
Sei que jamais alcançarão meus planos minhas metas
Sei bem da qualidade dos meus lindos defeitos
Sei bem o que sobra pra ti já não interessa.

E hoje convocam-me a ceias e ágapes célebres
E entendo que nunca pudera ser d'outra maneira
Creio que a vida inunda de maneiras e jeitos céleres
E olhando pra trás nada mais vejo que estrada e poeira.

10 comentários:

Aline disse...

hummm... confuso como a lucidez, mas sensato como a loucura! rsrsrs
beijo manooooo!!!

Anônimo disse...

Olá,,muito bonita sua poesia,,pareces ter vivenciado algo que te marcou muito.

Anônimo disse...

Profunda,,tocante,,e ainda apaixonada..
Cicatrizes sem cura,,, ou talvez sem querer ser curada....vc sente tudo o que escreves???
po que parce ser tão real,,,que da muito prazer em ler,,,parece ter deixado alguem que um dia foi importante,,,e agora é somente passado.

Alessandro Vargas disse...

Olá Aline, obrigado pelo comentário, tudo de ti é profundo e realista. Minha irmã.

Certamente vivenciamos algo que nos marcamos, creio todos viverem.

Sim, somente escrevo o que vivo e o que sinto. Faz parte da minha coerência comigo mesmo. A vivência é o estopim da minha arte.

"É preciso ter um caos dentro de si para dar à luz uma estrela cintilante."

Nietzche.

Anônimo disse...

Realmente vc deve ter tido uma experiencia mto marcante em sua vida,,um amor que deixou cicatrizes,,mas uma amor verdadeiro,,uma pessoa que ainda te faz falta e insubstituivel,,que vc amou mto e que tbm´te amou mto,,,mas que sofreu mto...vc demosntra tudo isso nas suas poesia,,, esta de parabéns... vc ainda a ama,,, ou senti mta falta dela,,e dos momentos que passaram juntos.
Até mais!!!

Alessandro Vargas disse...

Já acreditei que fossem cicatrizes ou feridas, mas não as eram... Se amei, e como amei, entretanto, não soube viver o momento, precisei desse caos dentro de mim...]

Se hoje voltasse? Não queria ou gostaria que voltasse e sim viver algo novo e... Eterno, sim eterno.

Pois esta a quem dedico este poema, é, ou seria, a mulher ideal para mim e com quem, hoje, casar-me-ia.

Obrigado anônimo pela análise e interação com meu blog.

Anônimo disse...

Alessandro se esta a quem dedica esta poesia te fez feliz,,,e vc ainda senti algo por ela,,va em frente e busca ela de volta a sua vida,,,se sentis algo e se ela um dia sentiu algo por vc verdadeiro,,,quem sabe vcs ainda ficam juntos para viver um amor unico e verdadeiro que ja existiu e podera ter lindos frutos,,,,se vc fez bem a ela ela,, ela te dara a chance de estar do seu lado,,,ja vivi algo que sofri mto e hj eu e ela estamos juntos mto felizes e com 1 filho lindo chamado vitor,,que além dela e minha razão de viver...
pense bem,,vá em busca de seu amor,,
até mais!!!

Alessandro Vargas disse...

Parabéns, pela história de vida, e pelo seu filho Vitor, creia, meu maior sonho hoje em dia é ter um filho ou filha, mas não creio poder retomar laços já arrebentados. Mesmo assim, obrigado.

Anônimo disse...

Mas porque???o que viveram nao vale a pena tentar??? ela te fez tanto mal que vc prefere nao arriscar??? temos que arriscar pq se um dia se arrepender,,se arrependa do que fez e nao de nao ter feito..até logo.

Alessandro Vargas disse...

Vejo um exemplo claro que conheço. Pessoas que ficaram distantes e um dia até se casaram. Que o tempo cesse as cicatrizes dela, pois as minhas só fazem me lembrar o quanto a amo, e o que fiz e faço é por amor... Até.