segunda-feira, 25 de agosto de 2008

O Preço da Inocência

(Letra/ música: Alessandro Vargas)

Quem diria que seus olhos diziam mais que eu via,
Quem diria que seus lábios desejavam aquilo que eu tanto queria,
Mas há um abismo entre nós dois que se chama amizade
E amizade é o preço da convivência...

Mas o preço da inocência é o silêncio
E o silêncio só aumenta esse desejo,
E com seus beijos eu sonho a cada dia
E quando abro os meus olhos eu não a vejo

Entretanto, há uma ponte depois do abismo,
Mas o tempo é o contratempo do meu cinismo, do meu cinismo...
Esse mesmo que deixa-me insistir em coisas vis,
Mas agora o amor que sinto é verdadeiro...

Mas o preço da inocência é o silêncio
E o silêncio só aumenta esse desejo,
E com seus beijos eu sonho a cada dia
E quando abro os meus olhos eu não a vejo...

Um comentário:

Alessandro Vargas disse...

Obs. Essa poesia eu fiz aproximadamente aos 15 anos de idade. Com 17 anos resolvi "musicá-la"... Foi então que se tornou uma de minhas primeiras composições... Tendo em vista que nunca me preocupei com a quantidade e sim com o que sentia no momento... Hoje devo contar com mais de 25 composições autorais e em parceria.